terça-feira, 18 de novembro de 2014

Brazil's ruling party expels representative for alleged ties with organized crime


 

Brazil's ruling Workers Party in Sao Pablo decided to expel representative Luiz Moura following his alleged ties to organized crime exposed by a police investigation. Criminal gangs in Brazil are powerful and are known to have connections with the political system.


According to the president of the PT in Sao Paulo Emidio de Souza “Moura’s behavior has been very damaging for the party” and there’s no need to wait for suspicions to be confirmed about his links with the largest organized crime group in the country, the First Command of the Capital (PCC) to expel him.
Moura is being investigated on suspicion of money laundering along with members the PCC, using bus companies and cooperatives located in Sao Paulo.

Allegations arose following a police investigation that found that in March Moura had participated in a meeting with members of the criminal group which operates from the prisons of San Pablo.
Moura was elected representative for the PT in the last elections in 2010 with 104,705 votes and is running for reelection in the upcoming October elections. His expulsion was approved unanimously by the 16 members of the PT Executive in San Pablo, who considered that Moura did not offer satisfactory explanations to the allegations.

Fonte:  http://en.mercopress.com/2014/08/02/brazil-s-ruling-party-expels-representative-for-alleged-ties-with-organized-crime

Tradução:


Partido no poder no Brasil expulsa representante por supostos vínculos com o crime organizado

Partido dos Trabalhadores do Brasil, em São Paulo decidiu expulsar representante Luiz Moura após seus supostos vínculos com o crime organizado exposta por uma investigação policial. As quadrilhas de criminosos no Brasil são poderosos e são conhecidos por ter conexões com o sistema político.


De acordo com o presidente do PT em São Paulo Emidio de Souza "O comportamento de Moura tem sido muito prejudicial para o partido" e que não há necessidade de esperar por suspeitas de ser confirmado sobre suas ligações com o maior grupo de crime organizado no país, o primeiro Comando da Capital (PCC) para expulsá-lo.
Moura está sendo investigado por suspeita de lavagem de dinheiro, juntamente com membros do PCC, usando empresas de ônibus e cooperativas, localizados em São Paulo.
Alegações surgiu na sequência de uma investigação da polícia, que constatou que março Moura havia participado de uma reunião com os membros do grupo criminoso que atua a partir dos presídios de São Paulo.
Moura foi eleito representante do PT nas últimas eleições, em 2010, com 104.705 votos e é candidato à reeleição nas eleições de outubro próximos. Sua expulsão foi aprovada por unanimidade pelos 16 membros do PT Executivo em San Pablo, que consideraram que Moura não oferecem explicações satisfatórias para as acusações.
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...