quarta-feira, 29 de outubro de 2014

ONU culpa governo de SP por falta d'água; Alckmin se irrita


alckmin ONU água são paulo


Alckmin exige que ONU corrija diagnóstico sobre escassez da água em São Paulo. Órgão internacional criticou o governo paulista pela crise hídrica


O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), pode estar perdendo o bom senso, em sua busca desenfreada por culpados pela crise hídrica em São Paulo. Dessa vez, o tucano enviou uma carta com tom elevado para a ONU, criticado o órgão internacional pela visita da relatora portuguesa Catarina de Albuquerque, que criticou o governo paulista pela escassez de água. As informações são do blogueiro do UOL, Fernando Rodrigues.
“Ela visitou São Paulo em agosto último de forma não oficial e acusou abertamente o governo de São Paulo pelos problemas de abastecimento de água que o estado vem enfrentando. Na nossa avaliação, sua Excelência, essa é uma violação do código de conduta de uma oficial das Nações Unidas”, afirmou o governador, sobre Catarina, que é relatora especial das Nações Unidas para o direito à Água e Saneamento.

Alckmin chega a questionar o conhecimento e capacidade da ONU para organizar um evento que trate de mudanças climáticas, se referindo a Cúpula do Clima, organizada em Nova Iorque no último dia 23 de setembro de 2014.
O documento foi enviado no último dia 09 de setembro, mas só se tornou conhecido nesta terça-feira (21). Na carta, Alckmin ameaça não participar da Cúpula do Clima, que aconteceria duas semanas depois, caso a ONU não recuasse nas críticas feitas ao governo paulista pela crise hídrica. O tucano não compareceu ao evento. Porém, o Palácio dos Bandeirantes alega que o governador cumpriu agenda e não pode ir à Nova Iorque.
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...