domingo, 25 de agosto de 2013

Hollande e Cameron conversam sobre resposta para ataque químico na Síria





O presidente da França, François Hollande, e o primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, condenaram neste domingo, "sem reservas, o uso de armas químicas na Síria", e concordaram em tratar "o mais rápido possível" da resposta que deve ser dada para o ataque ocorrido na última quarta-feira nos arredores de Damasco.

Os dois líderes, segundo um comunicado da Presidência francesa, mantiveram hoje uma conversa telefônica sobre a situação no país.

"O chefe de Estado e Cameron concordaram em discutir o mais rápido possível as respostas que devem ser dadas a esse ato intolerável", indicou a nota.


Hollande também pediu que o regime sírio ofereça "cooperação imediata e total à missão das Nações Unidas para que os inspetores tenham acesso, sem reservas, aos lugares afetados pelos ataques químicos".

Pouco antes dessa conversa, o presidente francês manteve outra com o primeiro-ministro australiano, Kevin Rudd, na qual afirmou que "já existem muitas provas que indicam que o ataque de 21 de agosto foi de natureza química", e que "tudo leva a crer que o regime sírio é o responsável".
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...